Onde Eu Me Encaixo?

by Onde Eu Me Encaixo?

/
  • Streaming + Download

     

1.
2.
3.
4.
5.
02:25
6.
7.
8.
9.

about

credits

released November 6, 2011

tags

license

about

Onde Eu Me Encaixo? Guarapuava, Brazil

contact / help

Contact Onde Eu Me Encaixo?

Streaming and
Download help

Track Name: 01 Sociedade Em Cubículos
Sociedade em cubículos

Você cresce ganhando asfalto, meus olhos não conseguem mais acompanhar o seu fim. Se minhas pernas estão longe dos pedais, eu não tenho mais um direito.

Mais sozinha, mais fechada, mais distante, mais quadrada.

Quando minha mão trabalha para ter o cubículo envolto em meu corpo eu só ganho mais regras. Propaganda da ostentação vende uma jaula.
Track Name: 02 Depois do Blush Eu Vou Andando
Depois do blush, vou andando.

Continua a maquiar-se, não bastou o banho gelado que tomou. É, água reaviva sua memória, o espelho é só mais um cúmplice toda hora pra você. Reflexo é sempre só reflexo, identidade já se foi, já se foi. Produto químico transpassou sua face. Quem imaginara que maquiagem pesava tanto assim? Inventar mais uma mentira? Tanto faz pra eu andar.
Track Name: 03 Quem Pagou Hoje?
Qual é a história de hoje? Qual é a verdade, qual é a mentira? Neste grande veículo elas nunca se separam, nunca importam. Na indústria da contradição, cobre-se com dinheiro todas as pistas do real. Quem pagou hoje? O que você escutou?
Track Name: 04 Nenhum Brilho
Nenhum brilho mais nesses olhos, semblante fechado para vida que não veio. O que te levou à isso? Quantas outras falhas, de todos os dias, de grosserias, tu poderias agüentar? Quem foi você que sempre me abandonou? Quem foi você? Nunca te contaram, mas tudo o que você deseja, poderia ser um dia o que sua juventude nunca foi. Mais um adulto prematuro em uma miséria que se aprofunda. Quem foi você que sempre me abandonou? Quem foi você que um dia me matou? Quem foi você?
Track Name: 05 Incentivo
Incentivo

Eu sei que você já partiu e não sou só eu que estou aqui olhando para trás à procurar motivos para te glorificar. Isso sempre acontece em maus momentos, porém as lembranças enganam, nosso coração escolhe guardar os bons momentos. São os novos dias que assinalam as impressões do passado, mas pense bem: Não foi tão diferente assim. Que tal incentivarmos o presente?
Track Name: 06 Pra Rir Depois
Pra rir depois.

Talvez não seja agora, mas eu não levaria até o final do mundo comigo. Pode ser divertido por um tempo, pode entreter para algumas gargalhadas sedentas, mas não quero cair no vicio que não produz. Tudo está aí para movermos, realizar, construir é o melhor motivo para rirmos depois. Construir pra rir depois.
Track Name: 07 Ao Lado Dela
Ao lado dela.

Um passo pra trás ou aproxime-se da sua vontade de afirmar-se como um ser morto. Para continuar de um passo para trás. Para apenas sentir, de um passo para trás. É hora de mudar, isso mesmo, olhe para ela e olhe sua própria insegurança. Você não pode se sustentar e enxergar que somos iguais? De um passo pra trás, eu sei que você pode sentir. Um passo pra trás, chegou a hora de mudar. Sem medo, sem trégua, porque é apenas pra você? Sem orgulho dessa besteira. Se nasceu, não deixe morrer com você. Um passo pra trás. Pensa de novo. Um passo pra frente. Ao lado dela.
Track Name: 08 O Estranho E Seus Perigos
O estranho e seus perigos

Um corpo estranho simbolicamente é irreal na paisagem. Verdadeiramente não te querem por aqui. Qual é o tipo de estratégias desse presente? A ordem está dada. A mesma farsa se repete e gera o isolamento, condenação. Não é chorado a morte de quem vive sempre exposto à ela. Um contato perigoso, escudos armados.
Track Name: 09 Onde Eu Me Encaixo?
Onde eu me encaixo?

Eu não quero usar isso, pois pode funcionar pra você. De minhas mãos não sairá o golpe ao qual devo obedecer. Se me jogam no “único caminho”, chuto as paredes pra criar labirintos. Passado e presente se confundem. Se há certeza de tropeços, então escolhemos o caminho certo pro futuro. Onde eu me encaixo?